segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Islão

Vou ser comedido nas palavras e não censurar como deve ser censurado um regime que afecta, pelo menos na prática, a mais elementar dignidade humana.

Não posso dizer se o Islão é a pior religião que existe, mas vista a intolerância e a exaltação patentes, no mínimo, parece ser a religião mais atreita a fanatismos e más interpretações. Não me desagrada o Islão em particular, e só desejo que todas as gentes muçulmanas de bem encontrem na Terra o paraíso que anseiam. Mas avaliam-se as pessoas e as ideologias pelas suas acções e consequências, e não pelo que pretendem ser, e o Islão apresenta-se demasiado instável e não unânime em certas vertentes entre quem o pratica.

A conclusão é muito simples. O Islão, com as suas características, só gera os males que aparentemente tanto quer evitar. É conhecido que a moderação tem melhores resultados. Haja vontade e coragem de mudar. Urgente.

1 comentário:

  1. Olá

    O blogue www.olhardireito.blogspot.com está a fazer a História de Portugal à Segunda Feira

    Se aprecia História esta é uma oportunidade a não perder!

    Em relação ao post! Todas as religiões têm os seus fanatismos. O Islão é a que tem mais visivel.
    E só é contra o Catolicismo. Mais nenhuma

    ResponderEliminar

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!