sábado, 12 de setembro de 2009

Touro abatido ilegalmente em Monsaraz

Os actos falam por si: "O abate do touro não foi presenciado pela assistência que enchia o castelo (perto de duas mil pessoas, segundo a organização), por o animal ter sido coberto com dois panos negros."

Se os apoiantes desta miséria estão tão certos de que é uma actividade tão nobre, tão honrosa, porque não o fazem às claras?

Notícia completa no Público.

1 comentário:

  1. Nunca conseguirão, uniformidade nas opiniões anti-tourada, e sabem porquè?

    - Porque na minha opinião;
    - Não são anti-monarquia.
    - Porque a galinha não nasce no congelador
    - Porque somos uns brandos nos costumes
    - Porque ninguem, que outra gente, está interessado em criar Touros Bravos.
    - Porque os cavalos de toureio tambem acabam
    - Porque será preciso despedir um monte de pessoas que vivem em torno deste mercado.
    - Porque se trata de espectaculo arcaico mas que muita gente gosta.

    Eu sou daqueles que não concorda com algumas exaltações, próprias de um culto de fidalguia
    mas matei animais para comer, e isso não faz de mim um criminoso, e hoje como-os já mortos
    necrófago humhu , tambem não , a morte como espectaculo, realmente pode ser deprimente mas era mais justa , sabemos que na tradição, a razão da existencia deste espectaculo, anti-tradicional é complicado, apagar coisas da história é inevitável.

    ResponderEliminar

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!