sábado, 28 de novembro de 2009

O Sporting Clube de Portugal e a tourada

Em 2006 o Sporting festejou "em grande" os seus 100 anos de existência ao associar-se ao espectro anacrónico da tourada. Associação essa que se tem mantido a cada aniversário do clube.

Não sou grande entusiasta de desporto nem de futebol em particular, mas assumo-me como sportinguista, desde sempre e até ao fim (o que pode acontecer se deixar de ser do Sporting é deixar de torcer por clube algum).

Não estou familiarizado com a totalidade dos princípios desportivos, mas creio que a prática de desporto pretende elevar os valores da competição saudável, da saúde e do bem-estar, os feitos dignos, enfim, o melhor que o ser humano pode alcançar. O que tem o sangue, a dor, o martírio, a insensibilidade e até a inconsciência da tourada a ver com desporto?

Não acredito que a maioria dos adeptos verdes e brancos goste de ver o Sporting imiscuído em algo como a tourada. E se têm real aversão a "espectáculos" desses, acredito que lhes deve estar a custar pagar as quotas do clube. Para mim, mesmo não sendo sócio (mas a lutar por uma causa justa), e certamente para mais gente, este é um espinho cravado no amor pelo Sporting.

De hoje para amanhã a tourada é ilegalizada. E depois? Como é que fica o Sporting? Associado a tal miséria.

Caso único em Portugal, não sei se mesmo em Espanha algum clube de futebol estará associado a tourada.

Cabe um protesto mais veemente. Só espero que apareça algum dirigente ou quem de direito que se livre de tal mancha para a instituição que é o Sporting.

Que triste associação.

1 comentário:

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!