terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Neda Agha-Soltan

A morte de Neda Agha-Soltan foi como que uma dramatização da Vida em si. Uma rapariga ferida - coisa que a princípio podia não ser fatal - que morre perante a impotência de todos. Todo o cenário é trágico (especialmente a violência gráfica), mas o que mais me ficou foi a impotência de todos perante a situação. Não lhes restou nada se não vê-la morrer.
Assim é a Vida...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!