domingo, 23 de maio de 2010

Passado, Presente e Futuro

O passado não conta para nada. O que quer que tenha acontecido é do presente que se faz algo. A única coisa ilustre num passado é a memória dos antepassados.

Tendo isto em conta o nacionalismo e o patriotismo deixarão de fazer sentido. Vai ser impossível manter nações tal como as que conhecemos. As nações desaparecerão e os povos misturar-se-ão. Será uma espécie de Pangeia humana. Não haverá nações pelas quais lutar. Será um conceito ultrapassado.

Eu não apoio nem deixo de apoiar, mas não vejo o que possa parar este processo. Cedo ou tarde, uns primeiro outros depois, creio que este cenário tomará lugar.

Cada vez mais assumo-me como um simples espectador do inevitável.

Muita tinta ainda há-de correr, mas talvez este cenário seja o resultado último da globalização.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!