terça-feira, 29 de junho de 2010

Portugal eliminado do Mundial de Futebol de 2010

Não foi possível ganhar à Espanha nos oitavos-de-final. Fica aqui o meu reconhecimento à selecção portuguesa pela campanha neste mundial de futebol na África do Sul.

Só houve uma coisa que não valeu a pena. Ter tomado conhecimento de um objecto chamado vuvuzela.
Tenho a certeza que em Angola ou em Moçambique existem instrumentos sonoros tradicionais mais agradáveis do que as vuvuzelas.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Portugal incomoda

A alegria de uns pode ser o malogro moral de outros.

Acredito que a integridade física dessa criança correria perigo, não só por parte de franceses mas também por hordas de magrebinos e sei lá mais o que por lá anda...

A verdade é que é pouco o respeito a Portugal. Há desdém gratuito mesmo.
Desde o mais miserável país do Terceiro Mundo, enterrado em vício até à milésima encarnação, ao mais perdido comedor de dinheiro dos países desenvolvidos, de nariz tão empinado quanto ignorante do seu passado silvestre.

É lamentável que as coisas assim sejam.

Pensamento da madrugada

Melhor que uma mulher só mesmo duas mulheres.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Expressão de patriotismo

Muita gente critica que alguém só manifeste patriotismo em relação à Selecção Nacional de Futebol. Mas hoje em dia já não é legalmente possível conquistar territórios pela força.
Actualmente as conquistas mais marcantes e duradouras fazem-se principalmente de charme, de cultura e de desporto.
Por isso se quisermos ter visibilidade internacional terá de ser nessas condições. E apenas é contraproducente não reconhecer isso.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Não se deve brincar com o fogo

Por vezes as pessoas escolhem ofender-se.

Luxemburgo

Ora bem...

A minha opinião sobre a emigração de portugueses é esta.

Agora; o Luxemburgo não insultou Portugal e os portugueses como país porque não o é. É um Grão-Ducado. E toda a gente do séc. XXI sabe que uma monarquia não é um governo legítimo.
Insultou ao ter comparado Portugal com países islâmicos (?) violadores de direitos humanos e discriminadores, coisa que exactamente replicou. Irónico, não?

Deve ter sido uma meia dúzia de leitões (ou seja, a população total nativa daquele chiqueiro bastardo) a focinhar aquelas porcarias. Coitados. Pensam que são um país.

Peço as mais sentidas desculpas a todos os luxemburgueses de bem, mas essa sarna faz parte da vossa comunidade e numa comunidade a responsabilidade é de todos.

Antes ser pedinte em Portugal a deixar cair uma gota de suor do meu trabalho em solo inculto.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Árvore da minha vida
Da qual tenho colhido
O fruto mais apetecido
O da bonança querida

Entre solene passado
E cego futuro
Vivo sereno e contentado
De, Português, ser puro

quarta-feira, 9 de junho de 2010

domingo, 6 de junho de 2010

Sobrevivente

Ainda hoje
tens medo de ir parar
a esse sítio na tua cabeça
Mas brinda com o vinho da catarse
pois haverá quem não esqueça
aquilo que, sem preço, te fizeram passar.

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!