terça-feira, 27 de julho de 2010

Myanmar

Índia (a chamada maior democracia do mundo, com sistemas de castas, invasões ilegítimas, problemas populacionais, etc...) recebe com tapete vermelho o líder da junta militar que dirige Myanmar (ou Birmânia, nome milenar alterado ditatorialmente pelo presente "governo").

Uma junta militar é um grupo de altas patentes militares que tomam conta de um país em caso de caos e desgoverno e que, estabilizada a situação entregam o rumo do país ao poder civil.

No caso de Myanmar está visto que não é uma junta militar. É uma junta de bois.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!