quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Fora de Mim

Sento-me com o ânimo ao lado
Puxa-me
E caio num sono desflorado
Ávido do romper
Espontâneo
Do hímen de ser

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!