terça-feira, 14 de dezembro de 2010

França abafa ensino do Português em escolas de elite

Nenhum país prospera sozinho. Tem de haver aceitação de povos terceiros.

Estas medidas afectam todos os falantes da Língua Portuguesa. Se em todos os países falantes do Português o coração bate realmente lusófono, a única coisa que me ocorre é a Lusofonia acabar com rivalidades regionais e unida criar o seu "próprio mundo".

Encham-se os povos lusos de orgulho e sejam implacáveis com a corrupção e com outros vícios que por vezes minam as sociedades, para que, poderosos, possamos pagar com a mesma moeda do desprezo e da ostracização a culturas estrangeiras.

No Espresso.


Ver também:

Portugal incomoda

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!