quinta-feira, 24 de março de 2011

Uniforme espontâneo

Não pertenço a nenhuma força armada
Apenas à minha terra amada
Sou Português de coração
E não por obrigação
O meu golpe é civil
Arrebata por mil
Numa luta sou imortal
No escudar ultraje a Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!