quarta-feira, 15 de junho de 2011

Liberalização da idade de reforma

Acho que é uma hipótese a ter em conta.

Mas, assim de repente, vejo logo algumas dificuldades em manter um sistema dessa natureza, nomeadamente no que concerne à avaliação dos casos de reforma.

Haveria gente a querer reformar-se indevidamente o mais cedo possível bem como gente a querer continuar teimosamente a trabalhar sem ter condições para tal.

Uma coisa é verificar uma faixa etária específica, outra é classificar milhares ou milhões de casos diferentes um a um. Mesmo que se esboçasse um padrão cada caso seria sempre um caso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!