sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Dia de Poema

Hoje é um dia de poema
Dia claro e silencioso
Em que temos sempre um peso no coração
Mas em que o céu parece ao alcance de um braço

E penso no que me estará reservado
No que para mim tenho desejado
Lembro o passado
E o, aqui, ter chegado

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!