domingo, 22 de janeiro de 2012

Perdido e achado

Conhecida amada
estranha desejada
quero-te assim
fêmea

Baixa e catita
alta, infinita
ruiva flamejante
ou morena deslumbrante

Negros cabelos
loiros
novelos
dourados tesoiros

Pedras castanhas
de alegrias tamanhas
e azuis
as que possuis

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!