sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Princípio da partilha

Não é virtuoso prosperar com obra alheia e tem de haver combate a quem o faz.

Agora, uma pessoa partilha as suas coisas com quem quiser. A única diferença entre emprestar em mão e partilhar pela Internet é que, pela Rede, partilhamos com quem não conhecemos. Ninguém tem nada que se meter no acto de partilha de cada um. Nem é possível controlar - justa e proporcionalmente - biliões de pessoas.

Notícia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!