terça-feira, 13 de março de 2012

Bater às portas

Hoje em dia já não se usa tocar as campainhas. Publicidade, proselitismo e apelos à caridade; agora é dar murros nas portas. Tenho a certeza que até a PJ com um mandado de detenção é mais meiga...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!