quarta-feira, 17 de abril de 2013

A Natureza

Talvez eu tenha estado a lutar contra as Naturezas, a feminina e a masculina... Lutado por mim, não por ninguém. Se pelo caminho faço algo por alguém é porque sinto felicidade em fazê-lo!

Eu continuo a precisar e a querer a minha metade. Mesmo que a minha metade não me queira ou não precise de mim.

De resto continuarei a fazer a minha felicidade denunciando, a partir de mim, as coisas flagrantemente mal feitas. Até ao meu precioso último adormecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!