sexta-feira, 12 de abril de 2013

"Eu sou homossexual"

As caças às bruxas continuam. E o valor que se dá à confissão sob tortura também.

O ser humano não tem culpa, é da natureza dele a dúvida. É o que acontece num mundo que não se rege pela confiança.

Portanto, numa tentativa de evitar que continuem proponho o seguinte:

De acordo com o que me apercebi nestes 33 anos de vida a homossexualidade é o maior temor do ser humano - homens, mulheres, heterossexuais e homossexuais.

Por isso eu sugiro um novo baptismo. Uma iniciação para a vida.

Todo o ser humano, assim que entre na maturidade psicológica, deve proferir:

"Eu sou homossexual"

Depois quem for, é. Quem não for, não é.

É só isto. Este post foi só sobre isto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentar neste blogue

Qualquer internauta é bem-vindo a comentar. Comentários que não tenham nada a ver com o assunto em pauta, insultos gratuitos, etc... serão removidos. Obrigado por comentar!